Ato na audiência da “Moradia retomada”

Com presença e cartazes, ontem apoiamos os companheiros processados na Moradia Retomada de 2012 na audiência no Fórum de Pinheiros.

Graças a esses 12 processados e outros estudantes, muitas vagas de alojamento existem até hoje, minimizando a falta de políticas adequadas de moradia e permanência na USP.

Nossa luta está longe de acabar. O processo está em andamento e é importante que todos saibam que os estudantes estarão presentes sempre que eles precisarem.

Porque nenhum lutador fica para trás!!!

10457876_805011642877015_6237712756856997687_n 10471367_805011852876994_2536800350365057930_n 10500506_805011752877004_8900343325626625365_n

 

Fonte: Greve USP 2014

 

HISTÓRICO:


Na madrugada de um domingo de carnaval, 19/02/2012, mais uma vez, as forças militares (Tropa de Choque e Força Tática) invadiram o Conjunto Residencial dos Alunos da USP – Crusp. Desta vez, o corpo de quase 150 homens, desalojou os moradores da “Moradia Retomada”, espaço de resistência que, há quase 2 anos, se instalara no térreo do bloco G, reivindicando mais vagas para a moradia estudantil. Hoje, as vagas no CRUSP continuam sendo insuficientes para atender à grande demanda de alunos sem condições de se manter na capital para dar seguimento a seus estudos e as bolsas de auxílio aluguel não condizem com os reais valores de moradia na região do Butantã, hiper valorizada pela especulação imobiliária.

Covardemente, nessa madrugada de carnaval, esses homens fortemente armados cercaram a Moradia Retomada, impedindo até mesmo os moradores do bloco G de entrarem ou saírem de seus apartamentos e bloquearam a passagem para os moradores dos outros blocos, que desciam em solidariedade aos ocupantes do espaço.

A operação prendeu 12 alunos, dentre eles, uma estudante grávida, que, depois de ter sido agredida pelos policiais, foi colocada no ônibus/camburão, sem nenhum auxílio médico.

****Mais de 2 anos após a reintegração de posse chegou o dia da audiência que irá julgar estes estudantes que estavam em luta.***

Assim como Hideki que está preso por lutar pelas causas sociais, estes 12 estudantes também vão a julgamento por lutar por moradia para estudantes pobres. E você? Vai ficar só assistindo este circo de horrores, ou vai vir somar na luta em defesa de todxs xs nossxs companheirxs?!?!

Quarta-feira a partir do meio dia será realizada uma vigília em frente ao Fórum de Pinheiros durante a audiência!

Saiba mais sobre a Moradia Retomada, no blog: http://moradiaretomada.blogspot.com.br/

Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.