Reabertas eleições para os Conselhos da Unifesp

Quadro demonstra alto número de vagas não preenchidas por docentes, Conselho de Assuntos Estudantis é o campeão.

Motivo de diversas críticas na edição de maio, quando 4 dos seis campi estavam em período de recesso, as eleições foram reabertas para os Conselhos Centrais e locais da Unifesp. Das vagas remanescentes da última eleição, 73% são do quadro docente. O Conselho de Assuntos Estudantis foi o menos procurado pela categoria que detém 31 cadeiras com apenas 10 preenchidas no último pleito.

Do total de 73 vagas não preenchidas na última eleição por falta de candidatos, 53 delas são do quadro docente. O Conselho de Assuntos Estudantis, cuja competência é discutir e deliberar as políticas de interesse estudantil é o campeão de desinteresse pela categoria, com 21 vagas em aberto. Em contrapartida, o CONSU foi o campeão de procura docente, com 57 inscrições para 33 vagas, média de 1,72 por vaga. No Campus Guarulhos, a Congregação teve concorrência de 2 por vaga na disputa de maio.

Mais espaço para a prometida “democracia universitária”: Os limites do 70/15/15 impedem maior participação estudantil nos Conselhos

Cedo ou tarde as novas direções eleitas com a proposta de ampliar a participação de técnicos ou estudantes por meio da paridade terão que colocar o assunto em pauta, seja por vontade política ou por pressão de suas bases.

Um argumento utilizado muito frequentemente pela burocracia, durante as discussões colocadas por diversos representantes estudantis sobre o caráter anti-democrático dos Conselhos, é que a participação dos alunos é pequena e que não se sustentaria a demanda estudantil por mais vagas sendo que estas não seriam preenchidas devido a baixa procura.

Pois, com base nos dados da última eleição, esse argumento demonstra-se infundado. Somente na graduação foram 126 inscrições de alunos para 79 vagas, o que revela que há sim interesse discente em participar dos Conselhos o que não há são os espaços, pois o limite de 15% acaba na realidade impedindo maior adesão estudantil.

Até o dia 30 deste mês estão abertas as inscrições para as vagas não preenchidas no último pleito. Já é a segunda realizada desde a eleição das novas direções da Unifesp e até em Comissões não reguladas por nenhum regimento insiste-se em continuar adotando o modelo 70/15/15, tão combatido no momento das campanhas eleitorais, mas que certamente renderam muitos votos.

Acompanhe o quadro de vagas em aberto por categoria:

53 professores
13 alunos (graduação e pós)
5 servidores
2 residentes
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.