Movimento Mobiliza UEG

O Movimento Mobiliza UEG, formado por professores, alunos e funcionários da UEG, aprovou em assembleia geral a seguinte pauta de demandas, acompanhada de uma proposta de cronograma para a execução das medidas requeridas:

1-  Aprovação da reformulação do Plano de Cargos e Vencimentos dos professores (Lei nº 13.842/2001), conforme pré-projeto encaminhado à V. Exa. pelo magnífico Reitor da UEG. Execução: imediata.

2-  Realização de concursos públicos para docentes e funcionários técnico-administrativos para preenchimento de todas as vagas existentes no quadro da Universidade. Execução: a partir do 2° sem. 2013.

3-  Reajuste de 14,51% mais aumento real de 10%, perfazendo o índice total de 26% para os vencimentos básicos dos docentes e funcionários técnico-administrativos em parcela única. Execução: abril de 2013.

4-  Construção de Restaurantes Universitários em todas as unidades, iniciando pelas que funcionam durante mais de um turno diário. Execução: imediata com conclusão em 2013.

5-  Construção de moradias estudantis. Execução: imediata com conclusão em 2013.

6-  Reforma, ampliação e construção da infraestrutura das unidades, conforme as necessidades apresentadas. Execução: imediata com conclusão em 2013.

7-  Ampliação e atualização do acervo das bibliotecas. Execução: imediata.

8-  Ampliação das bolsas estudantis, assegurando os recursos necessários à concretização dessa medida (bolsa permanência, bolsa de iniciação científica, bolsa monitoria, bolsa estágio). Execução: imediata.

9-  Equiparação salarial entre funcionários técnico-administrativos efetivos e não efetivos, de acordo com a titulação. Execução: abril de 2013.

10-   Aplicação do regime da CLT aos contratos de professores e funcionários não concursados/efetivos e eliminação dos atuais contratos temporários. Execução: imediata.

Acompanhe a greve geral da UEG através do blog oficial do Movimento: http://movimentomobilizaueg.blogspot.com.br

Esse post foi publicado em Educação em luta. Bookmark o link permanente.