24 ABRIL 2013 (BR-SP) Unesp-Marília: estudantes em greve

Estudantes da Unesp/Marília realizaram assembleias nos dias 17/04 e 23/04 e decretam greve!

Deliberações da Assembleia Geral de Estudantes da FFC-Marília do dia 17/04:

– Paralisação das aulas no dia 18/04 , com plenárias e discussões sobre Permanência Estudantil;
-Entrasso permanente no Restaurante Universitário até terça feira, nos dois períodos;
-Indicativo de Ocupação para a próxima assembleia a ser realizada após a congregação aberta com a direção;

Pautas de Reivindicações:

-Construção imediata de um novo bloco na Moradia Estudantil da FFC com acessibilidade plena e que estudantes do CAUM e pós-graduandos sejam regularizados na moradia;
-Ônibus que faça o percurso de volta dos estudantes para moradia e jardim cavalari;
-Que o piso das bolsas BAAE I, II e III seja de um salário mínimo com reajuste anual de acordo com a inflação;
-Que todas as bolsas socioeconômicas sejam de 12 meses;
-Construção de um Restaurante Universitário que atenda a demanda da comunidade Unespiana e Mariliense;
-Volta do pão e da farinha de mandioca no Restaurante Universitário;
-Café da manhã no R.U., com funcionários públicos e seus direitos trabalhistas;
-Opção vegetariana todos os dias no R.U;
-Ampliação do Centro de Convivência Infantis (CCI) nos âmbitos estrutural, de vagas e de funcionários concursados;
-Reforma e ampliação da biblioteca da FFC que atenda a demanda da comunidade Mariliense e estudantes do CAUM;
-Que os parâmetros de seleção da bolsa BAAE I e Moradia elaborados pela Comissão Local de Moradia sejam encampados pela universidade;

Se essa pauta não for atendida na congregação aberta de terça-feira, provavelmente haverá ocupação por tempo indeterminado da diretoria.

A unesp de ourinhos está em GREVE por tempo indeterminado pelas mesmas pautas que nós, PERMANENCIA ESTUDANTIL.

Deliberação da Assembléia Geral dos Estudantes da Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília (23/04):

1) por maioria contrastante de votos decidimos pela GREVE GERAL DOS ESTUDANTES;
2) por maioria contrastante de votos decidimos pela OCUPAÇÃO DO PRÉDIO DA DIREÇÃO da faculdade;
3) por maioria contrastante de votos decidimos por OCUPAÇÃO (ENTRAÇO) DO RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO ATÉ A REVISÃO DAS BOLSAS DE AUXÍLIO SÓCIO-ECONÔMICO;

Fonte: Passa Palavra

Esse post foi publicado em Movimentos Em luta. Bookmark o link permanente.