Estudantes criam canal para denunciar o sucateamento em Diadema

Inconformados com a precarização da Unifesp, estudantes de Diadema criaram um canal para denunciar o sucateamento do campus. Lançado na última sexta-feira, em menos de 48 horas a página já conta com aproximadamente 500 seguidores.

604042_132134123639332_111186068_n

Entrada da Unifesp Diadema, unidade Antônio Doll.

“Uma página dedicada a expor a realidade de nosso campus ao público em geral. Se você é aluno contribua mandando fotos, relatos, etc.”. Com este chamado, o movimento “Diário de Unifesp – Campus Diadema“, busca utilizar as redes sociais para mostrar o descaso com a educação a que estão submetidos.

Com 2800 estudantes, cerca de 279 professores e aproximadamente 100 funcionários, o campus atende a demanda do setor industrial da região nas áreas de química, farmácia e meio ambiente. A previsão é de abertura de novos cursos nos próximos anos para atender também os setores de engenharias (civil, alimentos e produção mecânica).

483602_138281959694035_1206654882_n

Teto da unidade Eldorado. Há anos do mesmo jeito. Fonte: Diário de Unifesp – Campus Diadema

A Unifesp Diadema é fragmentada em cinco unidades espalhadas por diversos bairros da cidade. Não conta com logística que atenda suficientemente a população de estudantes, bandejão, moradia estudantil e falta estrutura adequada para salas de aula e laboratórios. Assim como nos demais campi da Unifesp, a situação demonstra a precária política de expansão do ensino superior implantada pelo Governo Federal através do Reuni.

Em outubro do ano passado, professores, técnicos e estudantes, reivindicaram através de abaixo-assinado à Prefeitura do Município de Diadema, que os terrenos situados à Rua Lídia Blank, no centro, fossem declarados de interesse público, como medida “para que toda população de Diadema tenha, de fato, a CIDADE UNIVERSITÁRIA que merece”

Abaixo-assinado que circulou no ano passado. Fonte: http://www.unifesp.br/home_diadema/administracao/noticias.html

Esse post foi publicado em Notícias. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Estudantes criam canal para denunciar o sucateamento em Diadema

  1. Rodrigo Carvalho disse:

    Nós contamos com meio de transporte gratuito entre as unidades.

  2. Como aluno fico envergonhado com esta situação tão precária. Mas verdade é verdade. Se não houver luta nunca haverá vitória! Abraços!

Os comentários estão encerrados.