Alunos do curso de medicina da UFSCar protestam em frente ao Mercado Municipal

Alunos da medicina da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) se reuniram na manhã desta terça-feira (26), em frente a Praça do Mercado Municipal para esclarecerem à população sobre os motivos da greve.

Durante a manhã, os estudantes entregaram um questionário à população, questionando a eficácia do sistema de saúde da cidade. Os alunos ainda retiraram seus jalecos e fizeram um pequeno varal representando os dias da greve que hoje completa nove dias.

Os estudantes querem a contratação de novos docentes para o curso de medicina, conclusão das obras dos edifícios  USPPS (Unidade de Simulação da Prática Profissional em Saúde) e DMed2 (edifício de laboratórios de pesquisa do departamento de medicina), além da conclusão e entrega do Hospital Escola e uma parceria da Prefeitura Municipal com a Santa Casa de São Carlos.

Os estudantes ainda reclamam que apesar de estudarem em São Carlos, são obrigados a aprenderem as práticas médicas fora da cidade, já que aqui não há nenhuma parceria entre os hospitais da cidade e o segundo módulo do Hospital Escola ainda não foi concluído.

No dia 18 de março houve o primeiro protesto dos grevistas na entrada Sul da USFCar. Os estudantes fizeram um grande barulho em frente a reitoria com panelas, apitos, buzinaspara chamar a atenção pela insatisfação do curso.

Fonte: São Carlos Agora

Esse post foi publicado em Movimentos Em luta. Bookmark o link permanente.