Nem voz, nem vez, nem livres

Nós do MOVIMENTO CONTRA O CÁLICE não apoiamos NENHUMA das duas chapas a eleição CHAPA VEZ DA VOZ e a CHAPA UNIFESP LIVRE.

Acreditamos que a representação estudantil se forma através de ideologias comuns, construção de propostas e debate de ideais. Isso só se consegue através de debates, fóruns e congressos que não aconteceram.

Quando se vota em alguém, sem antes debater qual a causa ele defender, elegemos representantes sem compromisso real com seus eleitores. É o que normalmente acontece na política, quando pessoas votam em candidatos sem ver ou participar da construção de seu plano de governo.

Por isso apoiamos a anulação das eleições até que ocorra nos 6 campus da UNIFESP as atividades que debatam e construam essa pauta.

A maior instancia de deliberação de representação discente é Assembléia geral e o movimento estudantil faz parte dela, deve ser informado de tudo que acontece para tomar as devidas precauções.

O conselho de representação estudantil – CR- DCE é a segunda maior instancia desta representação e como eleitos pelos estudantes não pode se ausentar destas discussões ou devem ser substituídos.

Dentro dessa reunião do CR-DCE foi deliberada uma Comissão eleitoral (CE) especialmente para cuidar dessas eleições

Durante esse processo eleitoral o movimento vem trazendo a tona algumas informações que põe em dúvida a legitimidade do processo. É função do movimento relatar as informações que acham pertinentes para provocar o debate entre os discentes. Cabe ao CE e o CR-DCE verificar a veracidade das informações e tomar as providencias necessárias.

Só pedimos a compreenção e colaboração de todos os estudantes

Sonho que se sonha só é só um sonho, sonho que se sonha junto é realidade”

MOVIMENTO CONTRA O CALICE

Esse post foi publicado em I Congresso dos Estudantes da Unifesp. Bookmark o link permanente.